Sex, 18 de fevereiro de 2011
Bufando no morro da URSS...
Escrito por: Rodrigo Martins
   

Um dia antes, começou a chateação... Robertinho ligando trocentas vezes, agoniado para pedalar. Pelo eterno tempo sem sentar no banco de uma bicicleta, imaginamos que o seu condicionamento físico não deveria estar lá essas coisas, então resolvemos não arriscar. Escolhemos a mais light pedalada da nossa ridícula história. Um simples passeio pelo tal Morro da Rússia. Até a mais rechonchuda das madames, em sua cecizinha cor de rosa com pneu murcho - completaria a volta tranquilamente. Mas Roberto, ostentando uma não muito simpática circunferência abdominal avantajada – pareceu estar muito pior do que imaginávamos. Tal fato nos causou uma enorme preocupação, pois faltam pouco menos de dois meses para a nossa próxima viagem... E nesse ponto da história, Príncipe Roberto já deveria estar em fase adiantada de treinamento...

O início é tranqüilo: reta e asfalto – combinação que sempre nos deixa um ar de alegria. Isso, porém, não foi suficiente para impedir a necessidade crônica que o nosso amigo garoto enxaqueca possui de expor suas lamentações em nossos infelizes ouvidos. Mentes abstraídas, seguimos em frente – rindo bastante. Sentimos falta do estilo Roberto de pedalar e reclamar! Mas não muito...

Não conhecíamos a região. Percurso ideal para quem está com muita preguiça e quer curar uma grande ressaca... Há só um pequeno morro, mas que não chega causar aflição alguma. Se o Roberto subiu e não choramingou... vá desencanado que o nosso parâmetro é bom.

Lá pelas tantas, nosso amigo que recém despertou de um longo período de hibernação ciclística, começou a bufar. Diminuímos o ritmo para que a criança pudesse nos acompanhar e assim poder ilustrar melhor nossa pedalada com suas hilárias e intermináveis anedotas...

Passado o sofrimento da subida, chegou o momento de descer. Estrada ruim, bastante inclinada e com trânsito local. Não se empolgue muito... Roberto levou uma eternidade para descer com seus horrorosos V-Brakes pessimamente regulados. Estava com uma bike emprestada, não muito boa – mas quebrou bem o galho. Aparentemente se divertiu...

Ou não... Deve estar se perguntando até agora por que não ficou em casa dormindo...

O roteiro é pra lá de tranqüilo, passando um pouco dos 40 km. Chove um bocado por aqui - o que diminuiu bastante nossa freqüência de pedaladas. Roberto já encomendou a bike nova e se tudo der certo, tão logo estaremos na estrada para mais uma cicloviagem de 9 dias... Até lá Robertinho, vamos treinar! Pelo amor de Jaga!... Aos interessados, o link detalhado do roteiro – por Fábio Santana:

http://www.gpsies.com/map.do?fileId=itdkdukzkabffihh&referrer=trackList

« Pedalada Anterior
Lido 2097 vezes
Comentários
Sex, 18 de fevereiro de 2011
escrito por: Roberto - Balneário Camboriú SC
Fora de Forma


Menos Rodrigo, um pouco fora de forma, sem pedalar muito depois do furto da bike e com 10,900 Kg acima do peso, até que cheguei vivo após um pedal leve, com dores nas pernas e principalmente na parte mais desacostumada que é a BUNDA com diz o Alemão....Rsss, foi ótimo pedalar novamente com os amigos.
Sáb, 19 de fevereiro de 2011
escrito por: João Doggett
E aí gurizada? Vocês tem o melhor site de pedaladas do mundo... morro de rir com as piadinhas sobre essa tal figura de Roberto. as fotos são demais. Parabéns. Um dia quero pedalar com vocês, galera gente fina! Vamos combinar.

João.
Seg, 21 de fevereiro de 2011
escrito por: carol rombauer
Adoro o jeito como vcs relatam! Quem dera um dia poder sair dessa loucura paulista e fazer um role desencanado pra dar risada!
Cool!!!
Ter, 22 de fevereiro de 2011
escrito por: Waldson (Antigão)
Poxa, este relato me serviu como verdadeira "carapuça"! Este mes de fevereiro fiquei praticamente longe da bike, snif, snif! Será que vou "bufar" como o Roberto? (Com todo o respeito, Roberto!)
Ah, ah, ah, muito legal este relato! Esses passeios, embora curtos, servem exatamente para medir se estamos bem ou não, e ainda por cima nos dão um prazer danado!

Parabéns, galera!

Como disseram lá em cima, um dia ainda deixarei esta loucura paulista e estarei aí com vocês desfrutando desses lugares paradisíacos!

Grande abraço do Antigão!
Qua, 23 de fevereiro de 2011
escrito por: Elton Xamã
hola, tchê!
sempre alguém vai estar menos praparado...paciência...hehehe
um dia, será nosso dia kkkk
gostei da foto das 4 bike...belo gramado!
parabéns pelo pedal
abraços do amigo do MS!
Qui, 24 de fevereiro de 2011
escrito por: Amarildo
Muito legal o relato.
Poxa, estou desde novembro parado em termos de trilhas e estradas, andando só uns 15kms a cada 3 dias....To ficando Roberto kkkk
Abraços a todos
» Postar um comentário
Patrocínio
Pizza Bis
Apoio
LaiLai EntregaBeleza BikFURBO ConfecçõesOndePedalar.com.br
Sigam-nos
© 2018 - pedaladas.com.br
Desocupado N°: 380249