Sex, 10 de julho de 2009
Conhecendo melhor nossa “Santa & Bela Catarina”... 7 de 7: Missão cumprida!
Escrito por: Rodrigo Martins
   

A mais modorrenta de todas as manhãs! Acordamos mais lentos que o nosso normal, mas já com a sensação de dever cumprido. Porém, faltava mais uma última etapa. Excepcionalmente hoje, tomei Nescau frio. Por três motivos: primeiro que estava calor, segundo que fiquei com preguiça de dar mais três passos até o microondas para esquentá-lo e terceiro e principalmente! - a estatística não me é favorável. Nove das dez últimas vezes que tomei Nescau quente eu queimei a língua! Com o tempo esse tipo de coisa começa realmente a incomodar... O que tem de bom hoje? Sr. Roberto e Dona Vanderléia levarão nossas tralhas e as bikes vão levinhas! Adeus malditos alforjes e sua leva de roupas sujas, fedegosas e pesadas...  

DIA 7) DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ À FLORIANÓPOLIS - PEDALANDO PELA DESAGRADÁVEL BR-101...

Bela cidade que tem Wandeko Pipoca como seu morador mais ilustre. “Bozo Bozoca Nariz de Pipoca”... Sim! Wandekinho foi o primeiro Bozo brasileiro e ali reside. 

Os prédios impressionam e os apreciadores regulares do bom e "Velho Barreiro", juram que já viram o mais famoso dos aracnídeos galgar de prédio em prédio por toda Balneário Camboriú...

Apesar do cansaço, a vontade de chegar logo em casa nos deu uma motivação extra... Até por que, ter um monte de caminhão passando pertinho de você a todo o momento - não é nada agradável. Pedalar pela BR-101 sempre causa um pouco de aflição e a ânsia de sair de lá o quanto antes, fez a gente pedalar mais rápido que o nosso normal.

Paramos em Tijucas para almoçar e ver se não tinha nada gangrenando, por que a essas alturas - não sentíamos mais as pobres coitadas de nossas pernas. Ali sim, tivemos um almoço decente. Peixinho frito, camarão e outras iguarias... Pena não poder comer muito, ainda havia um trecho considerável para se pedalar. Descansamos um pouco antes de reiniciar o tormento e apesar da cara de desolo, por dentro estávamos muito felizes...

Moral, esse alforje...

Avistando Floripa pela primeira vez após sete árduos dias pedalando...

Engraçadinho sempre - esse Bib. Aproveitando a ilustração para dar uma boa dica de custo/benefício: "capacete MX Pro Race" da Michelin. Finalmente aposentamos os antigos e pesados da Prowell. Não nos entenda mal, é um bom capacete e serviu muito bem para o nosso propósito, mas anatomicamente falando - ele fica melhor em quem tem o cerebelo protuberante, estilo Alien – o 8º passageiro... Esse da Michelin veste igual uma luva, parece um boné. Muito bom mesmo.

E de fato,

MISSÃO CUMPRIDA!

Nosso roteiro: 515 km percorridos em 7 dias com uma média de quase 6 horas diárias de pedalada.

Saímos de Florianópolis no dia 15 de junho, logo após o meio-dia, retornando no dia 21 as 15h30.

Cidades e lugarejos por onde (cronologicamente) as rodas de nossas bikes trilharam:

Florianópolis – São José – São Pedro de Alcântara – Angelina – Garcia – Major Gercino – Tigipió – São João Batista – Nova Trento – Aguti – Boiteuxburgo – Vidal Ramos – Germano Schaefer – Presidente Nereu – Lontras – Ibirama – Apiúna – Ascurra – Indaial – Blumenau – Gaspar – Ilhota – Itajaí – Balneário Camboriú – Itapema – Tijucas – Biguaçu – São José – Florianópolis.

Pois bem, foi fácil? Não - não foi, claro que não... Teve momentos que nem divertido foi. Mas no geral foi muito bacana mesmo, uma experiência sem igual. Você que nunca fez uma pedalada mais longa como essa, deve ter pensado: – Nossa! Deve ter doído o forévis pra caramba... Vou te dizer o que doeu de verdade: os 180 pila de hotel que cada um de nós gastou, sendo que a grande maioria foi de qualidade bem duvidosa. Tirando isso e aquela infeliz lasanha de cebola, da janta do segundo dia - foi tudo muito positivo. O Marcelo é uma criatura sem igual e aquelas manias esquisitas dele só tornam a convivência mais divertida. Lógico que não sou nenhum modelo de perfeição, e acredito que a nossa amizade se fundamenta justamente aí - cada um é louco ao seu jeito. Demos boas risadas juntos, podem ter certeza. E, naquele morro infindável, proferimos juntos, da forma mais malcriada possível - o mais absurdo dos palavrões! Por que Aquele papo goiaba do Yoda, que o lado negro é ruim é pura cascata! Um pouquinho de raiva sempre ajuda, principalmente morro acima!... Se a raiva leva para o lado negro da força e ali possui o caminho mais fácil - sim! Tenha certeza que é por ali que nós vamos pedalar... O árduo caminho até Vidal Ramos nos ensinou isso. Lord Vader, we salute you!

You underestimate the power of the Dark Side!

Santa Catarina é um estado fantástico mesmo. A iniciativa de conhecer o máximo de cidadezinhas catarinenses nos entusiasmou muito e a idéia é repetir a dose no ano que vem, explorando algum outro roteiro.

Lisonjeados de viver aqui!

Nossos singelos agradecimentos:

Dona Vanderléia, por tantas coisas que não dá para citar tudo - então só vou falar essa: lavou nossas cuecas sujas; aos nossos genitores; Robertinho & Silvinha (aka: Dona Carmem) que nos deram chuveiro, comida e cama; Evandro da Usinagem Martins que ajeitou novamente a garupa; A Bela do posto; A todos aqueles que buzinaram, acenaram ou mostraram a língua para nós; Sr. Baima, Sr. Luiz Eduardo e Sr. Odenir Francisco que cuidaram da academia; Dona Eligia por nos receber tão bem; Ao Senhor Miyagi (meu cachorro), por não ter enlouquecido meu Pai na minha ausência e ao Mr. Tuffy que finalmente funcionou!

Uma dica de boa loja de bicicleta: “Jamur Bikes”. É longe, fica em Curitiba/PR - mas você pode comprar tranqüilamente pela internet: www.jamurbikes.com.br

Já compramos diversas vezes pelo site e um pouco antes dessa cicloviagem que fizemos, o Marcelo e a senhora sua esposa por lá estiveram. Recomendamos pelo seguinte: Bom preço & bom atendimento! Uma combinação cada vez mais rara em lojas de bicicletas hoje em dia.

A gente nunca ganha nada, mas quando ganha, se esforça um pouco mais para agradecer:

Pizza Bis! Não esquece – Pizza Bis sempre! Quando estiver em Balneário Camboriú não deixe de ir lá. Vale muito a pena: www.pizzabis.com.br

Esperamos mais cidades catarinenses no próximo ano... Até!

« Pedalada Anterior
Lido 3044 vezes
Comentários
Sex, 20 de setembro de 2013
escrito por: Markus Brandl
Buenas pessoal,

Li todo o roteiro que fizeram e vi também todas as fotos. Só digo uma coisa: MUITO BACANA essa pedalada que vocês fizeram.
Eu voltei a pedalar há 4 meses (depois de 15 anos sem pedalar), e assim que alcançar um peso decente e um melhor preparo físico, quero me aventurar (não sozinho, naturalmente) numa pedalada nesse estilo (se der, com menos subidas, é claro...hehehehe).
Cara, parabéns para os dois intrépidos viajantes pela jornada.

Vou me despedir agora, tenho mais alguns posts para ler aqui no teu blog.

Um forte abraço.
» Postar um comentário
Patrocínio
Pizza Bis
Apoio
LaiLai EntregaBeleza BikFURBO ConfecçõesOndePedalar.com.br
Sigam-nos
© 2018 - pedaladas.com.br
Desocupado N°: 398611